Pesquisar este blog

sexta-feira, 22 de agosto de 2014

Pasta Colgate contém substância cancerígena

As autoridades estão preocupadas com os possíveis efeitos nocivos da pasta da gama Colgate Total

Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/internacional/mundo/pasta-colgate-contem-substancia-cancerige
As autoridades estão preocupadas com os possíveis efeitos nocivos da pasta da gama Colgate Total

Relatório de autoridade de saúde norte-americana alerta para químico na composição da conhecida pasta de dentes. A Colgate responde que não vê razão para alterar fórmula. 

A pasta de dentes Colgate Total contém triclosan, um químico que elimina bactérias e que foi associado ao aparecimento de cancro.

A Administração de Alimentação e Medicamentos norte-americana (FDA - Food and Drug Administration) aprovou a pasta em 1997, apesar de já na altura mostrar alguma preocupação quanto ao facto desta conter triclosan. O relatório só foi tornado público no início de 2014.

Colgate Portugal não reage

O Correio da Manhã contatou ontem (terça-feira) o Infarmed (Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde) e a Colgate-Palmolive Portugal, pedindo uma reação a ambas. O Infarmed disse ontem desconhecer esta informação, remetendo explicações para mais tarde (o que veio a acontecer hoje, às 15h50, depois da publicação desta notícia). Já a Colgate Portugal garantiu que iria emitir um comunicado sobre o assunto, o que não aconteceu até à hora da publicação desta notícia.

O site Blomberg News recorda que, nos últimos anos, vários testes realizados em animais mostraram que esta substância, o triclosan, provoca problemas nos ossos, assim como diminuição da fertilidade. Agora que tiveram acesso ao relatório do FDA, cientistas e especialistas da área da saúde contestam a segurança da pasta para uso humano.

Colgate não vê razão para alterar a fómula

A mesma fonte avança que a Colgate, nos Estados Unidos, defendeu que o triclosan só é perigoso quando consumido em grandes quantidades e que a pasta passou em testes rigorosos antes de ser comercializada. A marca afirmou ainda que não pondera modificar a fórmula usada no fabrico da pasta dentífrica em questão. Contudo, em 2011, o mesmo químico foi retirado dos sabonetes da Colgate.

Outros casos

A Avon, marca de cosméticos, anunciou em março deste ano que vai eliminar o triclosan da sua linha de produtos.

Em 2012, a Johnson & Johnson comunicou que, até 2015, também eliminará este químico dos seus produtos, entre outros, possivelmente prejudiciais para a saúde.

A União Europeia decidiu, em 2010, eliminar a utilização do triclosan no fabrico de materiais que estejam em contacto com comida.

Colgate: Na boca do mundo há mais de 200 anos

William Colgate criou um negócio de sabonetes e velas em Nova Iorque, nos Estados Unidos, em 1806. Mais de 50 anos depois, a empresa é registada com o nome Colgate & Company.

A primeira pasta dentífrica da marca começou a ser comercializada num frasco em 1873 e apenas em 1896 é que passa a ser vendida num tubo flexível. Só em 1914 é que a Colgate atravessa as fronteiras norte-americanas, começando naquela data a sua expansão mundial. Já em 1953, a empresa funde-se com a Palmolive - criada em 1864 - e torna-se na Colgate-Palmolive.

A gama de pasta de dentes Colgate Total surge apenas em 1992. Atualmente, segundo o próprio site da marca, a Colgate é a líder mundial no mercado de pastas dentífricas.
Para além deste mercado, a Colgate-Palmolive foca-se também na higiene pessoal (Palmolive), limpeza da roupa e da casa (Ajax, Soflan e Super Pop) e alimentação para animais (Hill’s).

Leia o relatório no site da FDA (em inglês).
 
Infarmed esclarece utilização de triclosam

O Infarmed esclarece, em comunicado de imprensa (que poderá ler no site oficial, com o título "Utilização de produtos com a substância triclosan"), que “uma pasta de dentes, para ser disponibilizada no mercado europeu, poderá apresentar a substância triclosan numa concentração máxima de 0.3%”.

Este valor corresponde, de acordo com a legislação europeia, à concentração máxima de triclosan utilizado como conservante “em pastas dentífricas, sabonetes de mãos, sabonetes corporais/geles de banho, desodorizantes, pós faciais e cremes corretores”.

Fonte: Cm Jornal
Leia Mais >>

Bonecas sexuais japonesas: excitantes ou assustadoras?


A promiscuidade está sendo propagada a todo custo. Vejam só mais essa de uma empresa japonesa, que vem criando  bonecas sexuais muito semelhante a uma "mulher de verdade"... Confira!

Uma companhia japonesa que fabrica bonecas sexuais gaba-se de ter conseguido finalmente produzir um modelo que não dá para distinguir da versão «real».

As campanhas de marketing de promoção destas «esposas holandesas» (expressão arcaica nipônica para designar boneca sexual) vão mais longe e dizem que depois de experimentar, nunca mais vai querer uma «namorada de carne e osso».

Com preço de 1.500 dólares (cerca de 1.120 euros), os modelos são feitos de silicone de alta qualidade e incluem várias articulações, para que os donos possam colocá-las nas posições que pretenderem.

Pode-se personalizar as bonecas escolhendo a sua roupa, a cor do cabelo, etc.

«Sentimos que finalmente conseguimos algo que não dá para distinguir da realidade», avançou o porta-voz da companhia, Osami Seto.

«As bonecas fazem parte de uma indústria de alta tecnologia no Japão, que está constantemente à procura de formas de fazer os brinquedos sexuais ficarem tão realistas quanto possível», sublinhou, citado pelo HuffingtonPost.


Fonte: DD
Leia Mais >>

A nova legislação permitirá a Google identificar rostos desde seus satélites


©YouTube/Lockheed Martin Vídeos

Os regulamentos federais americanos de privacidade corroem com a atividade das empresas a favor de 'lobbies' como a Google e a Digital Globe, as quais poderiam começar a gravar imagens classificadas de pessoas.

Com a flexibilização da regulamentação federal, a partir de agora os satélites fornecem informações específicas sobre as pessoas tirar fotos de objetos que excedem cerca de 25 centímetros de tamanho.

A medida aprovada pelo Departamento de Comércio permitirá que os satélites trabalhem com detalhes suficientes para identificar, por exemplo, marcas de automóveis ou itens de vestuário.

Embora esta nova iniciativa tenha sido aprovada em junho, os esforços de 'lobbies do setor privado continuam diariamente a estender os horizontes legais do que é possível mostrar em fotografias tiradas do espaço.

A empresa de satélites Digital Globe dos EUA lançou o Worldview-3, a nova joia tecnológica que lhe permitem maximizar a atualização da legislação. A empresa espera que o governo americano dei-a um passo em frente e permita a transmissão de objetos de dez centímetros de tamanho, é reivindicado na web Motherboard.

O foco de negócios inovador está aberto e o bilionário Google não está muito atrás nesta potencial área de rentabilidade por meio da aquisição de imagens Skybox legal após a atualização de junho.

Segundo Elyse Wanshel, editor da Motherboard o motor de busca, disse que a compra de Sky box ajuda a fazer melhorias em produtos como Google Earth e Maps, aplicações de geolocalização por satélite.

A empresa também observou que, com a adição do Sky box desenvolverá um serviço revolucionário 'nuvem global. "

Enquanto os usuários desfrutaram de serviços de geolocalização diários, estas medidas poderiam expor a sua privacidade como nunca antes, o que abre muitas perguntas à justiça em matéria de proteção da mesma.

Fonte: RT
Leia Mais >>

Estranha 'coincidência': Episódio de Family Guy com o suicídio de Robin Williams vai ao ar antes da notícia da morte do ator


Por Jessé Santos

Primeiro, um desenho "bobo" faz alusão de que o ator queria se suicidar, e horas depois de ter ido para o ar, um noticiário transmite a informação de que o ator Robin Williams está morto. Tudo isso no dia 11, um número místico que é usado como 'assinatura' para rituais da elite illuminati. Você acredita em coincidências? (rsrs)...

O público da emissora britânica BBC Three ficou chocado com uma "estranha coincidência" na noite desta segunda-feira (11), quando foi dada a notícia de que Robin Williams havia morrido em um aparente suicídio na mesma hora em que era exibido um episódio da série de animação "Family Guy", que era centrado no ator e terminava com uma tentativa de suicídio do protagonista, informou o jornal "The Independent".

O episódio "Fatman and Robin" ("homem gordo e Robin", em livre tradução, cujo título é uma alusão à dupla de super-heróis "Batman e Robin") mostra o personagem Peter Griffin amaldiçoado com a habilidade de transformar tudo o que toca no ator Robin Williams, após ele acusar Deus de odiar o ator durante uma tempestade de trovões.

Enlouquecido com essa situação, Peter tenta cometer suicídio.

O episódio do desenho terminou apenas alguns minutos antes de ser dada a notícia da morte de Williams. Telespectadores logo se manifestaram no Twitter sobre essa coincidência. Logo depois, a BBC anunciou que o episódio não seria reprisado durante esta semana.

"O episódio terminou assim que a notícia sobre sua morte foi dada", disse um porta-voz da BBC. "Foi uma reprise que foi exibida algumas vezes, então quem poderia prever isso? Estava agendado há mais de duas semanas atrás, então é só uma estranha coincidência", declarou o porta-voz, acrescentando que o episódio, que faz parte da décima temporada da série, estava planejado para ir ao ar novamente na nesta sexta, mas não será mais mostrado.

Em "Family Guy", Williams é o comediante favorito de Peter Griffin. O ator Seth McFarlane, criador da série e dublador do personagem, fez nesta terça (12) uma homenagem ao ator, dizendo: "O mundo acaba de ficar menos engraçado. Robin Williams é uma perda trágica".



Fonte: Uou - Lado Oculto NWO - Libertar
Via: Revellati Online
Leia Mais >>

Fim dos Tempos: Estado Islâmico diz aos EUA que irá afogar todos em sangue


O grupo militante Estado Islâmico, que ocupou várias partes do Iraque e atraiu os primeiros ataques aéreos dos Estados Unidos desde o final da ocupação em 2011, alertou os EUA que irá atacar seus cidadãos “em qualquer lugar” se os bombardeios atingirem seus militantes.

O vídeo, que mostra uma foto de um norte-americano decapitado durante a presença dos EUA no Iraque e vítimas de franco-atiradores, contém uma declaração em inglês que diz “iremos afogar todos vocês em sague”.

Os ataques aéreos dos Estados Unidos no norte iraquiano ajudaram forças curdas e iraquianas a recuperar parte dos territórios capturados pelos militantes islâmicos, que ameaçaram rumar para Bagdá.

A mais recente ofensiva do Estado Islâmico, uma dissidência da Al Qaeda, obrigou dezenas de milhares de pessoas da minoria étnica Yazidi e cristãos a fugir para salvar a vida, e alarmou o governo de Bagdá e seus aliados ocidentais.

Ao contrário da Al-Qaeda, até agora o Estado Islâmico se concentrou em tomar terras no Iraque e na Síria para seu autoproclamado califado, e não em atentados espetaculares contra alvos ocidentais.

O presidente dos EUA, Barack Obama, declarou em uma coletiva de imprensa nesta segunda-feira que o Estado Islâmico representa uma ameaça ao Iraque e a toda a região.

Fonte: Contacto Latino
Leia Mais >>

Fato Misterioso: Rachadura Gigante se abre no México

http://4.bp.blogspot.com/-DMuLb0FDY14/U_YwkH8bcBI/AAAAAAAAEls/w3uHy9zMZw8/s1600/Giant-Earth-Crack-mexico-11.jpg
Clique na imagem para ampliar

Rachadura de um quilômetro de comprimento e oito metros de profundidade na Costa de Hermosillo no México, é desconcertante para os moradores e funcionários de La Candelaria.

A trinca foi formada em 17 de agosto de 2014, enquanto as redes sociais acreditam que ele foi criado por um terremoto na falha de San Andres, um geólogo da Universidade de Sonora indica que o solo provavelmente desmoronou por causa de um fluxo de água subterrânea.

Como mostrado em uma das fotos, este grande rachadura tem três trincheiras perpendiculares a partir de correntes laterais. Além disso em alguns lugares ainda está coberto.

O solo da região é muito instável, o que torna as investigações mais difícil.

Veja o vídeo:


Fontes: Utaot - Rainha Maria
Via: Revellati Online
Leia Mais >>

Robôs de segurança produzidos em massa e Introduzidos nos EUA


AP (Activist Post)

Enquanto o debate continua a raiva sobre a ameaça de autônomos "robôs assassinos", o mecanizado sobre a substituição de seres humanos continua do outro lado da força de trabalho. Na verdade, a indústria de robótica tem entalhado recorde de vendas no primeiro semestre de 2014 na América do Norte, e não parece haver nenhuma indicação de desaceleração.

Robôs de segurança tornaram-se uma área especial de interesse para os desenvolvedores. Grã-Bretanha revelou recentemente o seu primeiro guarda de segurança do robô. "Bob" é o afloramento de uma iniciativa mundial em segurança robótico definido para aparecer em prisões , instalações de cuidados , escolas, ou, talvez, um bairro perto de você.

Um robô chamado US Vigilant MCP (Platform Camera Mobile) pode ser visto no vídeo a seguir. O robô está sendo produzido exclusivamente em os EUA e é definido a rampa até a produção em massa como a demanda ordens. Por US $ 4 por hora custo fixo, que poderia afetar significativamente os 1,5 milhões de seres humanos que estão atualmente empregados em alguma forma de patrulha de segurança.

Para os trabalhadores de segurança profissional, o robô poderia representar uma grande ameaça ao emprego, uma vez que oferece melhorias importantes para os empregadores sobre a carne e sangue dos trabalhadores.

"Os robôs nunca desistem, e eles não chamar de doente. Eles estão em uma média de US $ 4 por hora custo fixo custo-benefício ", explicou Gama 2 Robotics em um vídeo da empresa.

As economias de custo pode ir mais longe - ao contrário dos trabalhadores humanos, com os empregadores Vigilant MCP não terá que desembolsar para verificação de antecedentes ou de triagem de drogas, e não precisa mesmo de deixar as luzes acesas como o robô irá trabalhar alegremente no escuro. (Fonte).


Por agora, este modelo está programado para cumprir tarefas típicas de vigia noturno. No entanto, continua a destacar como o baixo custo de operação dos bots é obrigado a substituir setores inteiros da economia ao abrir a porta para mais uma potencialmente distópico cenário de patrulha como arma que é dado rédea cada vez mais livres para operar sem supervisão humana, mesmo mínima.

Fonte: Pakalert press
Via: Revellati Online
Leia Mais >>

Ocidente precisa reagir à Nova Ordem Mundial


Alexander Kudascheff, redator-chefe da DW

Ucrânia, Síria, Iraque: tanto os conflitos violentos quanto a constante formação de alianças inesperadas marcam mundo atual. Ocidente precisa reagir a essa realidade, opina o redator-chefe da DW, Alexander Kudascheff.

O mundo está sendo abalado por crises dramáticas. Na Ucrânia. E ainda mais no Oriente Médio, mesmo que um novo cessar-fogo de cinco dias entre Israel e o Hamas permita uma pausa para respirar. Na Síria, a guerra civil prossegue com intensidade homicida, embora quase que despercebida: em breve se atingirá a marca de 200 mil mortos, num país em dissolução.

E no norte do Iraque, o mapa territorial está sendo retraçado por uma soldadesca inimaginavelmente brutal, que ultrapassa todos os limites em nome de Alá, e cuja área de dominação já se estende da cidade de Aleppo até o Curdistão iraquiano: o chamado "Estado Islâmico" (EI). O EI pretende destruir a ordem vigente, ele não reconhece fronteiras, Estados ou governos: para ele, o que conta é apenas sua própria interpretação do Alcorão.

E isso abala a diplomacia, pois, de repente, as antigas concepções não valem mais. Os Estados Unidos apoiam os curdos – e, portanto, indiretamente, os xiitas em Bagdá e em Teerã – na luta contra os terroristas do EI. O país dá essa ajuda à própria revelia, pois, na realidade, ele quer uma troca de poder e de política no Iraque, e suas relações com o Irã prosseguem tensas e abaladas.

Na Síria, os EUA também não sabem se insistem na queda do tirano Bashar al-Assad, pois isso abriria o caminho para a Frente Al-Nusra, que eles combatem no norte do Iraque. Uma desordem diplomática para a qual não há respostas fáceis.

O prêmio Nobel da Paz Barack Obama decidiu-se cedo por uma retirada de tropas do Iraque. Ele não acredita nos êxitos das intervenções militares e, no entanto, teve que interferir agora. O papel dos EUA no Oriente Médio se desgastou. Antes, o país era considerado insubstituível, devido a suas estreitas conexões estratégicas com Israel e com as monarquias e países árabes conservadores e com lideranças autoritárias, como o Egito, a Jordânia e a Arábia Saudita.

Porém, Obama tem fama de fraco, indeciso, hesitante e incapaz de se impor. Nem mesmo Israel lhe dá ouvidos – como tem mostrado, nos últimos 12 meses, a vã "diplomacia de ponte aérea" do incansável secretário de Estado John Kerry. Israel segue sendo o parceiro dos EUA, porém, age de forma mais autônoma do que nunca.

Na grande crise europeia em torno da Ucrânia, por outro lado, o presidente da Rússia, Vladimir Putin, se revela um mestre da falta de transparência tática. Depois da anexação da Crimeia, será que ele também pretende avançar sobre o leste ucraniano? Será que só quer desestabilizar a região? Ou quer desestabilizá-la para depois anexá-la?

Será que o desafio de Moscou se dirige apenas ao malquisto governo em Kiev, ou por trás dele se esconde a gritante ambição de poder de um novo imperialismo russo, que se insere no vácuo político aberto pelos EUA, tão ocupados consigo mesmos, e pela hesitante e indecisa União Europeia?

As sanções do Ocidente contra os russos apresentam os primeiros efeitos, mas o clima vai se congelando; e apenas telefonemas, até mesmo da chefe de governo alemã, Angela Merkel, não bastarão para desfazer o nó ucraniano. Como a Rússia foi excluída do círculo do G8, é a UE que precisa, em primeira linha, encontrar uma via de acesso ao Kremlin.

A Alemanha, por sua vez, – que desde o início do ano vem debatendo, com maior ou menor alarde, sobre um maior engajamento político no mundo – é forçada a assumir um novo papel.

O país é uma potência líder e sua opinião é escutada. Contudo, Berlim precisa avançar ainda mais, não pode se esconder por trás da UE na esperança de não ter que assumir nenhuma responsabilidade. A Alemanha precisa assumir uma posição definida: na crise da Ucrânia, sem dúvida, e possivelmente mais ainda no caso do norte do Iraque.

Se o "Estado Islâmico" age com brutalidade quase sem precedentes, se seres humanos são massacrados, assassinados ou expulsos de seus domicílios, então, Berlim não pode se acomodar em seu bem estar e prosperidade e esperar tranquilizar a própria consciência com alguns milhões e entregas de ajuda humanitária.

No entanto, as intervenções militares das últimas duas décadas foram raramente acompanhadas de sucesso. Isso vale tanto para o Afeganistão como para a Líbia – onde a derrubada de Muammar Kadafi transformou a ditadura de um homem só num "Estado caído".

O mundo ficou mais difícil de compreender. A nova ordem mundial é uma ordem em que novas alianças são constantemente formadas. Pois quem poderia ter imaginado, apenas alguns meses atrás, que o mundo se colocaria do lado dos curdos? Ainda mais com a intenção de que combatentes peshmerga vitoriosos desenvolvam uma nova consciência curda e que talvez exijam a fundação de um Estado curdo transfronteiriço!

Entre os polos da superpotência americana em retirada, as pretensões neoimperialistas de Moscou e uma China que, por enquanto, muitas vezes ainda age à sombra da política mundial, é necessária uma política externa nova e livre de preconceitos por parte da UE e, sobretudo, da Alemanha. E isso numa época sem certezas diplomáticas.

Fonte: D.w
Leia Mais >>

Bilhetagem eletrônica nos ônibus de Manaus terá biometria facial a partir de 2015

Novo sistema fará registro de imagens e compará-las àquelas do cadastro (Bruno Kelly)

Nota do Blog: Meus amigos leitores, perceberam bem como a cada dia se expande essa tecnologia chamada Biometria? Pois bem. Sabemos bem que para os globalistas darem inicio ao sistema do microchip como "controle em massa", eles precisam do registro mundial biométrico das pessoas, após colherem essas digitais, eles darão inicio ao "condicionamento" ao implante do microchip. Vejam mais um estado Brasileiro adotando esse sistema na informação que segue...

Medida tem o objetivo de coibir fraudes no uso de cartões de vale-transporte. Segundo empresa, aparelho registra fotos no momento do embarque do usuário e faz compação com imagem cadastrada no Sinetram

Um sistema de bilhetagem eletrônica com biometria facial será implantado em Manaus a partir de 2015 pelo Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Amazonas (Sinetram). A nova tecnologia tem o objetivo de evitar fraudes no sistema de transporte público com o cartão de vale-transporte.

Conforme a Dataprom – empresa que implantou o sistema de bilhetagem, o aparelho funciona registrando três fotos do usuário no momento de embarque: um segundo antes de encostar o cartão, ao encostá-lo no validador, e um segundo depois.

No processo, são obtidas três imagens que são usadas para identificar possível fraude. A comparação entre a foto tirada no validador e a registrada no cadastro é feita automaticamente, por meio de algoritmos. Se for confirmada a fraude, o cartão pode ser bloqueado.

Segundo a empresa responsável, a Dataprom, o sistema já está em funcionamento nas cidades de São Luís (MA), São José dos Campos (SP) e Araucária (PR).

*A matéria recebeu uma atualização de informações após a assessoria do Sinetram alterar data da implantação do novo sistema de bilhetagem eletrônica. Antes havia a informação que o novo sistema seria implantado na terça-feira (15), mas a data foi alterada para 2015.

Fonte: Crítica.com
Via: Revellati Online
Leia Mais >>

Controle Social: Maduro anuncia controle biométrico para limitar compras em mercados


Caracas — O presidente da Venezuela, Nicolas Maduro, ordenou na quarta-feira a instalação de máquinas de leitura de impressões digitais nos supermercados para limitar as compras de produtos e alimentos, diante da escassez que vive o país. Para o governo, a medida deve impedir que uma pessoa compre grandes quantidades de produtos para depois revender no mercado negro ou contrabandear para a Colômbia.

— A ordem já está dada, através da superintendência de Preços, para que se crie um sistema biométrico em todos os estabelecimentos e redes distribuidoras e comerciais da República — disse Maduro durante mensagem em rede nacional de rádio e TV.

O mecanismo utilizará leitores óticos de impressões digitais para reconhecer cada comprador de produtos básicos. O sistema visa a impedir que uma pessoa compre o mesmo produto duas vezes na mesma semana, em qualquer das redes governamentais da Venezuela. Maduro declarou que o sistema biométrico será “perfeito” e servirá para evitar o que chamou de fraude envolvendo milhões de litros de gasolina e toneladas de alimentos subsidiados pelo governo, no momento em que a Venezuela enfrenta a falta de diversos produtos básicos e uma inflação de 60%.

De acordo com o governo, a escassez é causada pelo contrabando especialmente com a Colômbia, o que custaria ao país pelo menos 40% dos alimentos e medicamentos necessários para atender a demanda interna. Do outro lado da fronteira, um quilo de farinha é vendido por um preço até seis vezes maior do que o praticado na Venezuela.

Maduro também anunciou um sistema de referência que processará a informação de tudo o que for distribuído e armazenado para todos os produtos e insumos. O presidente ordenou ainda o confisco, de maneira imediata, de todos os itens utilizados para contrabando, incluindo galpões e veículos, que serão revertidos para os programas estatais de alimentos.

Nas redes sociais, muitos internautas criticaram a medida e a compararam ao sistema de racionamento cubano. Os opositores ao governo defendem que o sistema socialista venezuelano está prestes a ruir e apontam o contrabando e as longas filas por comida como sintomas de uma economia que se baseia em sistemas de controle de câmbio e preços.

Fonte: O Globo
Leia Mais >>

Mais de 300 mil pessoas já implantaram biochips em seus corpos


Por: Leiliane Roberta Lopes

O aparelho tem o tamanho de um grão de arroz e serve tanto para usos medicinais, quanto para segurança

A medicina está prestes a iniciar a implantação de um biochip que será capaz de controlar diabetes, ser usado como método contraceptivo e ainda para fazer exames dando um diagnóstico preciso e rápido até mesmo para casos de câncer.

O biochip é um dispositivo eletrônico do tamanho de um grão de arroz chamado de “wearables” assim como acessórios tecnológicos de uso pessoal como os óculos, relógio e pulseiras fabricados por empresas como LG, Motorola e Samsung.

A diferença é que este pequeno dispositivo será implantado dentro do organismo humano. “Os biochips vão acelerar o diagnóstico das doenças, porque são ultrasensíveis. Isso vai permitir exames de análises clínicas mais rápidos e baratos”, diz Idagene Cestari, diretora de bioengenharia do Instituto do Coração (Incor) em entrevista à Veja.

Através dessa cápsula de vidro será possível, por exemplo, analisar substâncias como o sangue para identificar se a pessoa está ou não doente.

Em casos de diabetes o biochip poderá ser implantado para liberar a quantidade ideal de insulina. Casos de pressão alta também poderão ser acompanhados por este pequeno aparelho que promete revolucionar a medicina.

Idagene é uma entusiasta sobre o uso desse dispositivo. “Poderemos fazer uma medicina personalizada”, disse ele.

Uma startup ligada ao Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) já testou um biochip para evitar gravidez. Implantado sob a pele ou no abdômen da mulher ele libera diariamente uma pequena dose de hormônio contraceptivo. O aparelho pode ser usado por 16 anos, quando a mulher desejar ter filhos, através de um controle remoto o médico ou a paciente desativa o biochip e estará pronta para gerar.

No Brasil a Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP) na área de otorrinolaringologia tem testado o biochip para casos de surdez.

Implantado no ouvido dos pacientes surdos, ou no tronco cerebral, o biochip libera impulsos elétricos estimulando o nervo auditivo. Com esse procedimento espera-se que cérebro interprete a informação e restaure a capacidade do usuário reconhecer os sons, ainda que sejam “robóticos”.
Uso de biochips aumenta a cada dia

O uso do biochips pode parecer novidades, mas há cerca de 300 mil pessoas que já usam esses dispositivos no mundo todo. A Veriteq Corp, fabricante de biochips nos Estados Unidos, já tem aval da Food and Drug Administration (FDA) e já comercializada três modelos de dispositivos.

No Brasil não há fabricantes desses dispositivos, mas alguns brasileiros já estão usando para abrir carros e conectar computadores como é o caso de Raphael Bastos, de 28 anos.

Morador de Belo Horizonte (MG) o jovem conseguiu implantar um biochip que lhe permite destravar computadores, passar por catracas, destrancar portas e ligar o carro apenas encostando a mão esquerda em um leitor.

Bastos conseguiu adquirir um biochip através da loja Dangerous Things, um site especializado em comercializar esses dispositivos. Com 99 dólares é possível comprar o aparelho e ainda seringas especiais e bisturis que devem ser usados para a implantação do produto.

Leia Mais >>

O Facebook não Invade Apenas a sua Privacidade, Ele Programa a sua Personalidade


Até onde chega o poder do Facebook, especialmente quando mostra poucos escrúpulos para modificar seu algoritmo? Evgeny Moronov afirma que o Facebook não apenas invade nossa privacidade, mas também invadiu a nossa personalidade.

Até alguns anos atrás (em 2008), quando o Facebook começou a se a tornar a rede social mas popular do mundo, um artigo do The Guardian questionava as "amizades" do Facebook. Para dar o salto para se tornar uma plataforma de alcance mundial, o Facebook recorreu a sua primeira linha de investidores a In-Q-Tel (o braço empreendedor da CIA) e a Peter Thiel (dono do PayPal, de ideias transhumanistas e membro Bilderberg). Naquela época, havia mais preocupação com a privacidade das informações do usuário, o qual é conhecido por ter acesso a aplicativos de terceiros e agências de marketing. Hoje em dia nos parece pouco alarmante entregar nossa informação ao Facebook até porque, depois dos vazamentos de Snowden, sabemos que em qualquer parte somos vigiados (incluindo sites como Facebook que de maneira voluntária ou coercitivamente tem entregado informação de seus usuários à NSA).

Em algum momento no entanto, não há muito tempo, era quase escandaloso pensar que abriríamos nossas vidas, até mesmo compartilhar nossos detalhes mais íntimos a uma companhia cujo interesse é poder ganhar dinheiro com essa informação, sem dizer, a "amigos" que mal conhecemos. O mesmo Zuckerberg afirmou em conversas gravadas pouco após de ter lançado o Facebook: "as pessoas são estúpidas, simplesmente me dão seu email".

Em janeiro de 2008, Tom Hodgkinson, o jornalista do The Guardian, escreveu: "O Departamento de Defesa da CIA ama a tecnologia, porque torna a espionagem mais fácil". Hodgkinson claramente suspeitava que o Facebook iria ser usado com essa finalidade (quando tinha menos de 60 milhões de usuários: hoje possui mais de 1 bilhão). Efetivamente, o Facebook foi usado pra nos espiar - de novo com seu consentimento e sim, isso na prática é o que menos importa - e seguramente está sendo usado para nos espiar. Outro prenúncio da participação da empresa de capital de risco da CIA nos primeiros dias do Facebook: este site se tornaria em um laboratório social onde se experimentaria o comportamento dos usuários e se manipularia suas interações possivelmente como parte de um programa de engenharia social - simplesmente para poder ganhar mais dinheiro, tendo mais cliques e vendendo mais publicidade.

Em junho a publicação sem alarde de um estudo mostrou que o Facebook realizou um experimento com 700 mil usuários modificando seu algoritmo - regras invisíveis - para que aparecessem mais posts positivos ou negativos (segundo o grupo) em seus novos feeds. Os resultados mostraram que aqueles expostos a posts positivos se sentiram mais felizes e escreveram mais posts positivos (e mais no total). Isto resultou em mais cliques e mais receita publicitária.

Este experimento gerou um certo alerta entre os críticos. Clay Johnson, o co-fundador do Blue State Digital, a agência que geriu a campanha digital de Obama em 2008, disse: "Poderia a CIA incitar uma revolução no Sudão pressionando o Facebook a promover descontentamento? Deveria ser legal? Pode Mark Zuckergerg combinar o resultado de uma eleição promovendo certos sites?" Perguntas que são todavia, mais alarmantes quando sabemos que o Facebook dorme com a CIA (ao menos uma prima próxima).

Mas, na verdade, a "má imprensa" pouco afetou o Facebook, cujas ações se encontram em seu ponto mais alto. Como aponta o sempre crítico Evgeny Morozov, na realidade nada afeta o Facebook, nem ao menos qualquer questionamento ético. Mas o experimento fornece informação valiosa a Zuckerberg e a seus sócios: podem ganhar dinheiro, inclusive permitindo aos usuários um mínimo respiro de privacidade, sempre que continuem multiplicando os cliques. Agora o Facebook, a companhia que lançou a ideia de que a privacidade era coisa do passado e que todos deveríamos abraçar o social como um envelope transparente onipresente, possui uma ferramenta para avisar aos usuários que estão "compartilhando demais" (oversharing) o que lhes permite ver como estão sendo medidos.

Isto parece ser de novo uma estratégia com uma agenda às escuras, como já aconteceu antes da história do Facebook. Morozov, acusado de tecnofóbico radical (mas provavelmente um dos mais lúcidos observadores da internet), adverte que o Facebook está comprando companhias e desenvolvendo aplicações que registram os movimentos online e offline dos usuários, o que significa que poderá possuir conteúdo mais relevante - conteúdo especialmente dirigido a uma pessoa que está correndo, conduzindo ou andando de bicicleta, por exemplo, como ocorre com o app Moves.

A linha de fundo é que o Facebook não parece ter nenhum escrúpulo em manipular seu algoritmo se isto beneficiar seu plano de negócios ou sua agenda social, e não existe um mecanismo para fazê-lo prestar contas. Outro exemplo das alterações do algoritmo, aparentemente inofensivo e louvável, foi em 2012 quando alterou sua configuração para que os usuários pudessem expressar um status como doador de órgãos, o qual produziu mais de 13 mil registros no primeiro dia. É muito grande o poder de decidir que tipo de iniciativa é boa para a sociedade e qual não. Morozov escreve:

A razão pela qual devemos temer o Facebook e estes tipos de empresas não é porque violam nossa privacidade. é porque definem os parâmetros da massa cinzenta na maior parte invisível da infraestrutura tecnológica que molda nossa identidade. Todavia, não possuem o poder de nos tornar felizes ou tristes, mas seguramente estarão prontos para nos fazer felizes ou tristes se ajudar a gerar mais receita

Esta visão não está longe de um tom distópico - uma distopia totalitária não seria apenas imersiva, mas provavelmente ocorreria sem que nós déssemos dado conta que está acontecendo. Morozov nos pede que nos perguntemos: "O quanto nossa identidade está sendo modificada pelos algoritmos, bases de dados e apps que estendem os esforços políticos, comerciais e estatais para tornar-nos mas felizes - como diz a música distópica do Radiohead - 'mais em forma, mais feliz, mais produtivo'" (fitter, happier, more productive).

Paralelamente, até uns meses atrás, o Facebook tem feito algumas alterações em seu algoritmo, apertando de tal maneira que os posts das fan pages apareçam em menor quantidade a menos usuários, claramente para fazer com que as companhias que buscam receber tráfego ou para que suas mensagens apareçam massivamente, tenham que pagar por seus posts.

Esta medida tem golpeado a numerosos sites de notícias, chegando ao ponto que alguns praticamente desapareçam. Como podemos ficar seguros de que o Facebook não privilegia seus algoritmos a sites que pagam mais ou que são mais ideologicamente relacionados, ou simplesmente que gerem mais receita ao fomentar uma espécie de ecossistema favorável para promover esta "felicidade" digital que se traduz em cliques?

O Facebook é, ao menos potencialmente, uma máquina de alcance orwelliano, capaz de censurar e delimitar a realidade. Pouco notamos que isto está acontecendo, vivendo um "efeito aquário" dentro do sistema. O algoritmo transpassa a vida digital e se torna parte de nossa personalidade.

Fontes: Periodismo Alternativo - Pijama Surf - The Guardian - Pijama Surf: “La gente es estúpida... - Opinion - Blog Anti Nova Ordem Mundial - A Nova Ordem Mundial
Leia Mais >>

Gibis da Turma da Mônica e suas Mensagens Subliminares Sexuais e Ocultistas


Quase todos nós crescemos lendo os quadrinhos da Turma da Mônica.

Fiquei espantado quando vi um quadrinho com uma mensagem sexual subliminar escancarada, e pesquisando mais um pouco vi que as mensagens subliminares das tiras da Turma da Mõnica vão além do apelo da sexualização, mas também com apologia ao ocultismo. Retirei as imagens abaixo de diferentes sites, cujos links estão no fim do tópico. Algumas são bem sutis, enquanto outras são totalmente escancaradas.





























Revistas da mônica, infantis ou ocultistas?

Nota Blog Anti-NOM: O texto abaixo foi retirado desta página e desta página.

Você já parou para ver o que seu filho ou filha estão lendo em casa ou na escola? Que tipo de conteúdo ela está gastando seu precioso tempo. Será que é algo que você concorda?

Nos dias de hoje é preciso estar alerta quanto à literatura infantil, que muitas vezes não tem nada de infantil ou inocente.

Um exemplo dessa literatura pseudo-infantil está nas histórias em quadrinho da turma da Mônica. Histórias que deixam qualquer satanista pra lá de alegre em ver sua propaganda nessas revistas infantis. Mensagens ocultistas de fazer inveja a Aleister Crowley, um satanista do século passado.


Vemos a Mônica e Cebolinha assistindo a uma evocação ao deus das moscas. Vale lembrar que o deus das moscas é o próprio Beuzebu ou Baal Zebub.

Vamos citar e mostrar apenas alguns exemplos do que essas revistas do Maurício de Sousa vem fazendo nas suas publicações perigosas. Além de magia estão colocando nas revistas mensagens subliminares como iremos mostrar.

A bruxa Viviane é uma vilã ligada às histórias da Magali. Ela é uma bruxa que pretende conseguir os poderes da Lua para dominar o mundo. Possui muitos anos de idade, mas é uma mulher muito bonita e de aparência jovem, e tem como animal de estimação o gato falante Bóris. Sendo usada pra atrair a atenção e a familiarização das crianças à rituais satânicos


Sinais Chifrados





‘A bruxa da lua’ é feitiçaria pura!

O texto abaixo, retirado do post "Bruxaria para as Crianças", analisa a cena da Bruxa da Lua:

No exemplo ao lado, o "Caldeirão", antigo símbolo relacionado à bruxaria, está posicionado à esquerda do título principal. Esta imagem é remetida, através do nervo óptico ao hemisfério direito do cérebro, responsável pelo processamento de imagens (para saber mais, consulte a seção "Como Funciona").

Em seguida, conforme o leitor vai 'varrendo' a página, de cima para baixo, aparece a personagem principal "A Bruxa" em posição de meditação, (Lótus- no Yoga), em meio à uma nuvem de incenso. Uma vez criado subliminarmente um clima de expectativa em torno do que vai acontecer, a Bruxa levanta os braços e se abaixa em posição de 'adoração'.

Mais uma vez, a visão periférica vai registrar os ícones que aparecem em segundo plano, como a Meia-lua (antigo símbolo da deusa Diana (Rom.) ou Artemis (Gr.) filha de Júpiter (Rom.) ou Zeus(Gr.); o Pentagrama, símbolo ligado à Alta Magia e Satanismo, que nas escolas gnósticas é chamado de Estrela Flamejante. Representa também Satã ou o Bode do Sabbat e Lúcifer."O pentagrama é a figura do corpo humano com quatro membros e uma ponta única que deve representar a cabeça.

Uma figura humana com a cabeça para baixo representa naturalmente um demônio, isto é, a subversão intelectual, a desordem ou a loucura." Eliphas Levi em Dogma e Ritual da Alta Magia - pág.272 - Ed.Pensamento.

Esta na cara que as crianças de hoje em dia são facilmente manipuladas pelos meios de comunicação, onde a maioria das coisas giram em torno de sexo. Será que deu para perceber que as revistas do Maurício de Sousa não são infantis.

Por isso cuidado com que o seu filho está olhando. Seja crítico, desconfie de tudo que é dirigido para a classe infantil hoje em dia, quer na televisão com os desenhos, jogos de computador e até nas revistas em quadrinhos.

Participe da discussão deste post no Fórum Anti-NOM.

Fontes: Blog Anti-NOM - Satirinhas - Geocities - Porra Maurício - Ufc Desenhos - Cterhema - A Nova Ordem Mundial
Leia Mais >>
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Nota:

Este blog tem finalidades exclusivamente informativas e não tem como objectivo o lucro.

É importante esclarecer que este blog, em plena
vigência do Estado Democrático de Direito, exercita-se das prerrogativas
constantes dos incisos IV e IX, do artigo 5º, da Constituição Federal.
Relembrando os referidos textos constitucionais, verifica-se: “é livre a
manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato" (inciso IV) e "é livre a
expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação,
independentemente de censura ou licença" (inciso IX).